Arquivos de Tag: review d600

Nikon D600: meu review pessoal.

Oi galera. Pra quem não acompanhou, comprei recentemente uma câmera nova, a Nikon D600. O objetivo era, com uma câmera full frame, melhorar ainda mais a qualidade das imagens.

Fiquei devendo para alguns a minha opinião sobre a câmera e achei que postar no blog seria mais fácil para passar as informações.

ATENÇÃO: Este não é um review técnico, sobre as especificações da câmera, é a minha opinião. Vocês podem ler reviews em vários sites, como o do Ken Rockwell, Dpreview, CameraLabs, Gizmodo, entre outros. Sobre controles, leiam o manual de instruções.

Vamos por tópicos:

1 – Por que a D600 e não a D800?

Entre outros motivos, como preço (importantíssimo) a similaridade da D600 com a D7000 – outra câmera que possuo desde 2011 – foi o que mais me agradou. O corpo é muito semelhante em termos de tamanho, peso (780g na D700, 850g na D600 e 900g na D800) e distribuição dos botões de comando. Por último, a D600 tem dois slots para cartão SD/SDHC como a D7000, enquanto que a D800 tem um para compact flash e um para SD/SDHC. Eu já tinha uns SD/SDHC muito bons (uso SanDisk Extreme Pro) e queria continuar usando um em cada slot.

2 – Diferenças na qualidade da imagem em ISO elevado.

Mesmo sem zoom 1:1 eu já consegui notar uma diferença bacana na qualidade da imagem da D7000 para a D600. Por via das dúvidas, fiz uns testes para mostrar para vocês:

A lente usada foi a 24-70mm 2.8 da Nikon. Não sei se ficou muuuito bom, mas foi o que consegui hehehe. Acabei tendo de mudar a distância focal, por conta do fator de corte, então o enquadramento não está idêntico, embora estivesse no tripé.

m1 m2 m3

3 – Pontos de foco.

A Nikon D800 tem 51 pontos de foco, enquanto que a D600 tem “somente” 39. Como eu já usava os mesmos 39 pontos sem maiores problemas na D7000, não vi como um fator decisivo.

4 – 24 monstruosos megapixels.

Essa é a parte que está me deixando incomodada, rsrs. Como eu só fotografo em RAW, não há a opção de RAW menor. Há como fotografar em JPEG em vários tamanhos de arquivo, mas em RAW só há o “cheio”, com 24 megapixels. Isso aumentou consideravelmente o “peso” dos arquivos, de modo que cabem menos fotos nos meus cartões e meus HDs vão durar menos. A minha D7000 também é assim, mas como ela tem 16 megapixels, eu deixava para lá. O arquivo da D600 tem dimensões 6016 x 4016. É assustador.

5 – Vinhetas.

Também um ponto “negativo” (entre aspas). Como agora vejo a abrangência total das minhas lentes – trabalho somente com a 24-70 e a 50mm 1.4G – noto uma bela de uma vinheta escura nos cantos de minhas fotos. Tem solução? É claro, uso a correção do Lightroom. Mas é chatinho fazer (mesmo sincronizando).

Antes e depois da correção da vinheta. Não fiz nenhum outro ajuste, então não reparem, rsrs. Está como saiu da câmera.

6 – White Balance automático.

Como eu só fotografo em RAW, estou 100% do tempo com o white balance no modo automático. O que me deixou surpresa é que a D600 erra MUITO! Na D7000 eu quase não notava erros grotescos de white balance como tenho percebido na D600. Ou puxa demais para o verde (como na foto acima, no exemplo da vinheta), ou para o roxo (como na foto abaixo)… Não sei como corrigir isso nela, então faço no Lightroom.

À esquerda a foto como saiu da câmera, completamente roxa. À direita com white balance custom, que eu fiz no Lightroom.
À esquerda a foto como saiu da câmera, completamente roxa. À direita com white balance custom, que eu fiz no Lightroom.

 

7 – Mesma bateria!

Uma coisa que me deixou muito contente, é que o modelo de bateria da D600 é o mesmo da D7000, o EN-EL15. Agora eu posso usar a bateria da D7000 como reserva.

 

8 – Não é o mesmo Grip! ¬¬

Outra sacanagem da Nikon. É tão parecida com a D7000, mas não utiliza o mesmo battery grip.

 

9 – Conclusão.

Bom, de modo geral é uma excelente câmera, tenho certeza que sim. Só preciso me acostumar com as diferenças. A qualidade de imagem é realmente muito, muito boa.

Estou usando a D600 principamente em eventos, onde muitas vezes necessito do ISO alto. Em situações como fotos no estúdio, como as condições são as melhores (ISO100, F/8…) eu estou usando a D7000 mesmo.

 

Espero que tenha sido útil. Um abração em todos.