Arquivos de Categoria: Técnica

Livro: Tamara Lackey – A Arte de Fotografar Crianças

Há tempos estava planejando escrever para vocês sobre este maravilhoso livro (que eu vinha paquerando há um tempão).

O pessoal do Fotografia-DG, em parceria com a Editora Photos, resolveu gentilmente me presentear com horas de leitura educativa, ao me enviar este livro.

O livro A Arte de Fotografar Crianças, da fotógrafa Tamara Lackey, tem tudo que eu gostaria de ler sobre este assunto [fotografia infantil] e muito mais.

Na tradução brasileira, o livro é distruibuído pela Editora Photos. Custa R$89,00.

Vocês podem folhear as primeiras páginas do livro aqui. O legal é poder ver todo o índice. Foi isso que me deixou decidida a lê-lo, porque era notável o quanto o conteúdo é excelente.

Há também um DVD sobre o trabalho da Tamara, que eu adoraria ter, mas ainda não está a venda no Brasil. Chama Inside Contemporary Children’s Photography e custa a bagatela de U$199,00.

Ainda assim, para nós meros mortais, há o teaser do dvd, que já é inspirador o suficiente (imagina o dvd inteiro, rs).

Continuar lendo

DIY! Faça você mesmo: Rebatedor para flash externo.

Olá pessoal, como estão?

Hoje nós vamos aprender a fazer rebatedores para flash externo, usando algumas ferramentas caseiras.

Faremos dois modelos, um de cartolina e outro de EVA.

Rebatedores para flash são muito úteis, pois aumentam a área de luz, deixando-a mais difusa e homogênea. Para retratos são uma mão-na-roda.

Você vai precisar de: cartolina branca, elástico de dinheiro, fita adesiva (preferencia dupla-face), silvertape, estilete ou tesoura, uma folha de E.V.A. e velcro.

Continuar lendo

Escolhendo seu equipamento fotográfico. Parte II.

Na última postagem, falamos sobre como escolher corpos de câmera de acordo com seus interesses e condições. Nesta segunda parte, falaremos sobre os tipos, marcas e funções das lentes objetivas e como escolhê-las.

Não deixe de ler a parte 1.

Antes de escolher seu set de lentes, tenha em mente o que voce pretende fotografar principalmente. As opções são amplas, mas nada adianta ter um lindo conjunto de lentes se ele não atende às suas necessidades.

Podemos dividir as lentes em basicamente três grandes categorias, as grande-angulares, as normais e as tele-objetivas.

Normais: Essas são as primeiras que temos que entender, por isso comecei pelo meio. A partir daí fica mais fácil entender os outros conceitos.  E bem, a explicação técnica para ela, seria:

“(…) uma objetiva na qual as relações de distância e de perspectiva não se alteram. Ex.: A diagonal do fotograma das câmeras que usam filmes 35mm é de aproximadamente 43mm. Sendo assim, a objetiva normal para esse formato seria uma 43mm, mas a 50mm é tida como normal por uma questão de custo de fabricação e pela facilidade de construção.”?

É, chatinha mesmo essa explicação. Eu tenho a tendência de explicar de uma maneira bem boba, que a distância focal de 50mm é como se fosse a visão dos nossos olhos, por isso de normal.  A perspectiva e a distância do que é visto através da lente é a mesma.

tive que rir dessa foto

Continuar lendo

Escolhendo seu equipamento fotográfico. Parte I.

Olá amigos fotógrafos.

A dica de hoje é uma sugestão da nossa querida leitora Virgínia Nogueira, que me mandou o seguinte e-mail:

“Olá Huaíne,
Tudo bem?
Acompanho vc no Orkut, na comunidade D-60  e agora pelo seu blog.
Muito legal sua iniciativa…admiro seu jeito de escrever, explicar e ajudar.
Gostaria de fazer uma solicitação: Inclua no seu blog um post falando sobre equipamento para quem deseja trabalhar com fotografia. Eu estou iniciando nessa área e como sou novata, ainda fico um pouco confusa na hora de escolher equipamento. Como vc já atua nessa área e domina bem o assunto poderia nos ajudar, dicas de máquina, objetivas…flash…
Acho que é só isso tudo! rs.
Uma ótima tarde pra vc e fica com Deus ,
Nos vemos lá no blog.
Bjs

Virginia

Bom Virgínia, achei essa sua sugestão muito boa, então aí vão algumas das minhas ideias quando o assunto é equipamento fotográfico.

Continuar lendo

Fotografando Aniversários.

Uma das coisas que gosto muito de fotografar, são aniversários infantis.  São sempre divertídos, até mesmo para o fotógrafo.

São uma excelente oportunidade para praticar, divulgar seu trabalho, conhecer potenciais clientes e comer uns salgadinhos hihihi.

Reuni aqui dicas práticas, que não podem faltar no meu roteiro quando saio para clicar alguma festinha.

1 – Check List. Antes de passarmos para as dicas propriamente ditas, não posso deixar de citar uma importantíssima: confira sempre seu equipamento antes de sair. Não queremos nos deparar com a falta de equipamento já estando no local. Então essa é a dica n°1 em todas as ocasiões.

2 – Sorriso no rosto. Esta servirá sempre que for fotografar, não só as crianças, mas principalmente elas, pois é assim que você arranca as gargalhadas, conseguindo fotos muito espontâneas. No caso dos aniversários,  o cliente vai ficar aquela lembrança gostosa, do quanto a festa foi divertida.

Continuar lendo